27.3.06

Eu tive um tio chamado Antônio

Eu tive um tio chamado Antônio de quem eu guardo as melhores lembranças e as maiores saudades. Ele morreu cedo, porque 'os bons morrem jovens', já disse o Renato Russo - que também se foi cedo, vítima da mesma doença. Mas no tempo em que esteve entre nós meu tio Antônio foi o tio, para várias gerações da nossa família, de presença marcante para primos e irmãos mais velhos e mais novos, e ainda para os filhos deles. Ele foi, e ainda será por muito tempo, o fio condutor e o elo de ligação na ''Via-láctea da nossa família'', como ele me escreveu num cartão de agradecimento, transcrito abaixo.

"Essas palavras são de gratidão
e carinho
nada como ter o sol, o mar
florestas e sobrinhos.
Sobrinha minha, ponto + ponto
formando uma só linha
Que joga meu coração como pipa
ao mais alto céu que a vista 'via'
A via láctea da nossa família."

Antônio Luiz da Costa, dezembro de 1982


Helê, que além de Pessoa, é Frida também

Nenhum comentário: