15.12.07

ao velho batuta

Querido Papai Noel,

Gostaria de ganhar uma namorada de presente. Ela precisa ser bonita, gostosa e charmosa; ser cool sem ter o ar muito blasé; quero uma guria que goste de bons sons, não faço exigências de estilos, precisa ter bom gosto musical; quero muito que ela goste dos meus amigos e que entenda que beber faz parte da confraternização; precisa ler mais que eu, o que não é difícil de se encontrar tendo em vista que eu não estou lendo ultimamente, alguém que leia para mim e me ensine o que eu ainda não sei [o sr Noel sabe também que não é qualquer leitura, né? tem que saber o que ler, que eu leio pouco, mas eu tenho amigos que conhecem literatura e eles me dão uma base do que é bacana e o que não é]; obviamente se trata de uma menina inteligente; esta namorada precisa falar no mínimo uma segunda língua, se a primeira for português, que ela saiba falar ao menos o inglês para que possamos passar um ano juntos em Londres depois que eu me formar e ela possa conversar de boa com todos meus amigos que por lá encontrar; quero uma mulher que saiba cozinhar e que goste de alho nos temperos; não ligo para idade, mas geralmente as mulheres balzaquianas preenchem melhor estes pré-requisitos; eu quero uma namorada para me acompanhar nos shows e nos botecos, no cinema eu não ligo de ir sozinho, mas ela precisa gostar de cinema, de filmes alternativos, precisa gostar e conhecer mais o cinema europeu do que o roliúdiano; se ela tiver uma casa bacana também ajuda, que ainda vai levar um tempo para eu ter a minha; ela não precisa ter um home-cinema na sala dela, não sou tão exigente assim.
Acho que é isso.

Mas se tiver difícil de encontrar este presente, pode ser um sapato novo, mesmo.

Grato.
Atenciosamente,

The Nowhere man

Um comentário:

Fábio disse...

Ah, que felicidade por estar aqui também! ;-)
Principalmente porque ouvi dizer que o velho batuta anda ocupado demais para pessoas como eu. E eu que pensei que todo mundo fosse filho de papai noel...

Um beijo.