12.1.09

APROVEITANDO A ABERTURA

Quero ser o primeiro a aproveitar a abertura.

Um de vocês disse que a publicidade é uma das pragas deste mundo. Estou de acordo. Mas ela nem sempre é bem paga.

Vejam este exemplo: o dono da padaria aqui da esquina quer botar uma foto minha quando reinaugurá-la - está em reforma. Outro dia tomei lá um suco de melão e comi um pãozinho aqui em São Paulo chamado de pão francês. Muito bem: ele pediu minha "comanda" -- conta -- e falou: "O pãozinho você não vai pagar".

Veja que horror: um pãozinho custa 30 centavos. Estou com 72 anos de idade. Se eu viver até os 100 anos, como só vou à padaria mais ou menos uma vez por mês, a publicidade da qual estou participando vai me render, em 30 anos, cerca de 67 reais e 30 centavos.

Presumindo que ele mantenha essa cota de cortesia.

A polícia, por exemplo, está ganhando mais. Quando para lá um carro de ronda, os dois policiais tomam uma média e um pão com manteiga e nenhum deles paga nada. Logo, a publicidade está muito por baixo. Pelo menos a minha.

Abraços,

Tom Zé

3 comentários:

J. disse...

vergonha alheia.

L.C. disse...

tá de férias?

Anônimo disse...

O Copy & Paste com o critério brilhante de sempre.
Boas leituras por aqui.
Não parem.
Abraço.

Ulisses